As 10 Mais Bizarras Doenças Relacionadas Ao Sono

Dormir é uma das coisas básicas da vida. Todos dormimos. Mas infelizmente para algumas pessoas, essa experiência pode ser nada agradável, devido as varias desordens e doenças que as atingem atrapalhando essa hora sagrada. Esta lista criada pelo site americano List Verse, cita as mais bizarras dessas desordens.

1 – Desordem de Comportamento do Rápido Movimento Dos Olhos

Quando estamos sonhando, nosso corpo entra em uma paralisia normal que nos impede de mover até o sonho acabar. Nesta desordem, a pessoa perde essa paralisia que é um movimento normal quando estamos em Rápido Movimento Dos Olhos (REM), isso faz com que a pessoa mexa enquanto está sonhando. Esse comportamento pode ser violento e em alguns casos resultará em danos para o paciente ou para seu companheiro de cama. Felizmente, o RBD (sigla em inglês dada para a desordem) é tratável. O tratamento mais recomendável é feito a base do medicamento Cleozapam, que geralmente é muito bem recebido pelo organismo do paciente.

2 – Terrores Noturnos

Os terrores noturnos (também chamados de terrores do sono) são momentos assustadores em que a pessoa grita, chora e até pula da cama quando ainda está totalmente adormecida. Esses episódios podem ser muito desagradáveis para as pessoas que estiverem próximas e podem até resultar em ferimento em alguém. A pessoa pode acordar somente depois de ter ocorrido o incidente e não se lembrar de nada. Aproximadamente, 3% dos adultos e 15% das crianças e adolescentes têm terrores noturnos. Acredita-se que os terrores noturnos ocorrem quando há uma interrupção no sistema nervoso, freqüentemente causada por estresse, privação do sono ou quando se dorme em um ambiente estranho.

3 – Bruxismo (Ou Ranger dos Dentes)

O bruxismo é caracterizado como um ranger ou um forte apertar dos dentes durante o sono. O bruxismo pode fazer os dentes ficarem doloridos ou soltos, e, às vezes, partes dos dentes são literalmente desgastados. Eventualmente, o bruxismo pode acarretar a destruição do osso circunvizinho e do tecido da gengiva. O Bruxismo também pode levar a problemas que envolvam a articulação da mandíbula, como síndrome da articulação têmporo-mandibular. A origem do nome bruxismo se deve ao fato de que na idade média se acreditava que a pessoa que rangia os dentes durante o sono estava tomada por um feitiço ou uma bruxaria.

4 – Síndrome das pernas inquietas

As pessoas que sofrem da síndrome das pernas inquietas (SPI) têm uma sensação de desconforto (arrepio, queimação, coceira ou picada) nas pernas quando estão descansando por longos períodos, especialmente à noite. Os movimentos involuntários das pernas acabam interferindo no sono. Mexer as pernas parece ajudar a aliviar o desconforto, mas isso freqüentemente acorda a pessoa. E isso, é claro, acaba levando à fadiga durante o dia. A melhora da SPI pode ocorrer com exercícios regulares e redução do consumo de cafeína. Mais freqüentemente, a SPI é tratada com medicamentos controlados e técnicas de relaxamento.

5- Síndrome do Sonambulismo Das Não-24-horas

Essa estranha (e extremamente rara) desordem consiste em o corpo da pessoa não reconhecer o ciclo de 24 horas de um dia. Conseqüentemente, o corpo não se permitirá dormir em um período regular de dia/noite. Caso não seja tratado, essa síndrome causa um ciclo em que a pessoa não tem hora certa para dormir, podendo pegar no sono hoje de manha e amanha de tarde, por exemplo. Geralmente, depois de um ou dois dias o ciclo volta ao normal. Um fato curioso (e estranho) sobre essa doença, é que ela acontece quase que exclusivamente, com pessoas cegas.

6 – Apnéia Do Sono

Apnéia do sono é a suspensão da respiração durante o sono. Estes episódios de apnéia podem durar alguns segundos, após os quais é retomada a respiração normal, e ocorrem várias vezes durante o sono. Na maior parte das vezes não são suficientes para despertar a pessoa, mas há uma alteração no padrão de sono, passando do sono profundo para um sono mais superficial. Como este sono não é repousante, as manifestações típicas são uma sensação de “noite mal passada” ao despertar, assim como fadiga e sonolência durante o dia.

Estima-se que cerca de 18 milhões de americanos, a maioria homens de meia idade, acima do peso, sofrem de apnéia do sono, um transtorno potencialmente perigoso que provoca parada respiratória durante o sono. A palavra apnéia significa “sem respiração”. A forma mais comum de apnéia do sono é chamada de apnéia obstrutiva do sono.

7 – Síndrome De Kleine-Levin

A Síndrome de Kleine-Levin é uma rara desordem caracterizada pela a necessidade de quantidades excessivas de sono. A pessoa que sofre dessa síndrome, pode ficar dormindo 20 horas por dia, e normalmente essas pessoas ingerem mais comida do que o necessário, o que as vezes leva à obesidade. Enquanto uns acreditão que a Síndrome de Kleine-Levin é causada por predisposição hereditária, outras acreditam que essa condição seja resultado de uma doença auto-imune. Até hoje, não há um tratamento definitivo para a Síndrome de Kleine-Levin. São receitados para os pacientes, estimulantes, que diminuem o sono excessivo deles.

8 – Sonilóquio (Falar Dormindo)

A pessoa que sofre de Sonilóquio emite sons imcompreenciveis, ou palavras isoladas, frases incoerentes e sem lógica, ou muitas vezes frases claras, ele não se lembra de nada no dia seguinte, dura em geral menos de um minuto, quando ocorre com freqüência deve-se procurar tratamento especializado. Apesar de ser considerado uma desordem ele é benigno e muito freqüente na infância; e sua ocorrência diminui na idade adulta.

9 – Narcolepsia

Narcolepsia é uma condição neurológica caracterizada por episódios irresistíveis de sono e em geral distúrbio do sono. É um tipo de dissonia.
O sintoma mais expressivo é a “preguiça” e sonolência diurna excessiva, que deixa o paciente em perigo durante a realização de tarefas comuns, como dirigir, operar certos tipos de máquinas e outras ações que exigem concentração. Isso faz com que a pessoa passe a apresentar dificuldades no trabalho, na escola e, até mesmo, em casa.
Na maioria dos casos, o problema é seguido de incompreensão familiar, de amigos e patrões. A sonolência, geralmente, é confundida com uma situação normal, o que leva a uma dificuldade de diagnóstico. É comum portadores da narcolepsia passarem a vida inteira sem se darem conta que o seu quadro é motivado por uma doença, sendo tachados por todo esse tempo de preguiçosos e dorminhocos. No entanto, se o narcoléptico procurar ajuda especializada, vai descobrir que é vítima de um mal crônico, cujo tratamento é feito por meio de estimulantes e que pode se prolongar por toda a vida.
As manifestações da narcolepsia, principiando pela sonolência diurna excessiva, começam geralmente na adolescência, quando piora, leva à procura médica à medida que os sintomas se agravam. A narcolepsia é um dos distúrbios do sono que pode trazer conseqüências individuais, sociais e econômicas graves.

10 – Catalepsia Projetiva

A Catalepsia Projetiva ou paralisia do sono acontece durante o sono, como forma de evitar que o corpo se mova durante os sonhos. É um fenómeno natural que ocorre todas as noites, embora seja raramente notado pela própria pessoa enquanto se dorme. Momentos antes da mente despertar, a paralisia cessa. Por isso, raramente se tem consciência da sua existência. Se, porventura, a mente despertar antes do mecanismo de paralisação ser desactivado, ocorre a consciência da paralisia do sono.

Esta consciência pode ser muito perturbadora, pois o indivíduo dá por si mesmo completamente paralisado, incapaz de mover os membros. A mente ainda está a atravessar um período de transição entre o estado de sono e o estado de vigilia (ou vice-versa) e nessa altura podem surgir alucinações hipnagógicas: presença de uma pessoa, ouvir vozes ou sons, sensação de flutuação ou de se sair do próprio corpo, imagens de pessoas, visualização de objectos, sensação de ver em redor mesmo tendo os olhos fechados, etc. Tanto as alucinações como a própria paralisia são inofensivas, existindo quem aproveite esta fase para induzir sonhos lúcidos ou alucinações agradáveis, e acontecem ocasionalmente, como resultado de uma má alimentação, maus hábitos de sono, estresse, etc. Por vezes, podem indicar a existência de um outro problema maior, como, por exemplo, a narcolepsia.

Ao fim de algum tempo (que pode variar de alguns segundos até cerca de três minutos), a paralisia cessa e o corpo readquire capacidade de se mover novamente. Um dos conselhos mais usuais é ficar parado a respirar lentamente e esperar que passe. Estima-se que até 60% da população mundial já tenha passado por essa experiência pelo menos uma vez na vida. Em algumas culturas, isso significava pré-disposição ao xamanismo e contato com o mundo dos espíritos.

Fonte: Namosca

5 Respostas

  1. «Nada é permanente neste mundo cruel. Nem mesmo os nossos problemas.»

    Visite e participe no fórum «Cais112» onde pode falar de tudo que esteja relacionado com saúde, desemprego, sociedade, desabafos, etc.

    Para que possa encontrar ajuda e ajudar o próximo com as sua experiências.

    Visite-nos e faça do «Cais112» um cais de interajuda para quem mais precisa!

    http://www.cais112.com

  2. eu ja passei pela Catalepsia Projetiva algumas veses, posso dizer que é uma experiencia e tanto, pode ser bom ou ruim, da forma com que ce encaram as alucinações

  3. É MUITO IMPORTANTE FICAR RELACIONADA AO SONO ;É BOM FIRCAR POR DENTRO DE TUDO OQUE ACONTECE ,É LEGAL IMPORTANTE E MUITO DIVERTIDO .
    leia mais no sait doenças causadas pelo sono

    BOA SORTE EM FAZER O SEU

    BJS!!!!!!! E THAU!!!!!!

  4. Eu também já passei pela catalepsia projetiva e ainda passo quando durmo a tarde geralmente e pra mim não e uma coisa boa!!!

  5. gostei das informaçoes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: