Secretário afasta comandantes da PM de operação no PR

O secretário da Segurança Pública do Paraná, Luiz Fernando Delazari, determinou o afastamento, na noite de hoje, do comandante do Policiamento da capital, coronel Carlos Alexandre Scheremeta, e do comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, major Flávio Correia, que lideraram a desocupação de uma área invadida por sem-teto em Curitiba. A decisão teve como base imagens feitas pelo cinegrafista Anderson Leandro da Silva, da produtora QuemTV, que estava no local. 

Ele foi atingido no rosto por uma bala de borracha e, segundo análise da secretaria, o tiro foi disparado de forma deliberada por um policial militar. As imagens foram mostradas pela retransmissora local da TV Bandeirantes. Delazari também determinou a instauração de um Inquérito Policial Militar (IPM) com o intuito de identificar o soldado responsável pelo tiro e apurar possíveis abusos cometidos pela Polícia Militar. 

Além do cinegrafista, outras duas pessoas ficaram feridas. “A atitude do policial que atirou contra o jornalista é repudiável, injustificável e inadmissível”, afirmou o secretário. Segundo ele, o histórico de reintegrações no Estado mostra “amplo processo de negociação” visando realizar tudo com tranqüilidade. “Esta rotina padrão não foi respeitada no caso do terreno da Fazendinha”, analisou. “Foi uma ação, no mínimo, precipitada.”

Logo depois da ação, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná tinha emitido uma nota em que condenava a atuação policial e cobrava esclarecimentos da secretaria. Delazari disse que vai se encontrar com o cinegrafista e com representantes do sindicato para conversar. “Foi uma atitude lamentável que deve ser punida rapidamente para que sirva de exemplo”, disse. 

Ele adiantou, ainda, que irá apurar informações de que havia pessoas que fazem oposição ao governo do Estado participando do movimento. “Em algumas imagens que obtivemos fica clara a participação de opositores apenas para tumultuar o processo”, acentuou em uma nota divulgada pela secretaria. Os comandantes afastados na noite de hoje não foram encontrados para comentar o caso.

Fonte:A TARDE On line

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: