Temporada oficial começa uma semana antes do Natal

Copel e Sanepar já se preparam para a demanda nas praias, que devem receber mais de 1,5 milhão de veranistas

Operação Verão 2009/2010 será oficialmente lançada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná no fim de semana que antecede o Natal, entre os dias 18 e 20 de dezembro. Este ano, o lançamento será em Guaratuba. A Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Compania de Saneamento do Paraná (Sanepar) já se preparam para a demanda da alta temporada.

De acordo com a Copel, por meio de sua assessoria de imprensa, nos meses de verão, o consumo de energia quintuplica no Litoral do Estado. A população litorânea, que não chega a 100 mil habitantes, apresenta picos de até um milhão de pessoas na alta temporada. Normalmente, este movimento se inicia com o término do ano letivo, no meio de dezembro, e segue até o carnaval.
Segundo a Copel, o consumo de energia do Litoral e o sistema que o atende estão disponíveis o ano inteiro e dimensionado para atender a estes picos. Nesta época, porém, a Copel reforça os quadros de técnicos e de atendimento, aumenta o efetivo nas agências, o número de eletricistas e operadores nas subestações. Antes mesmo de iniciar a temporada, a Copel faz uma vistoria geral nas redes elétricas, nos transformadores e nos cabos.

A Copel reforça o efetivo  no Litoral para que as demandas sejam atendidas rapidamente. Isso levando em conta também que o verão é a época onde é constante a ocorrência de temporais de fim de tarde, ventos e raios. Por conta disso, a demanda é até mais alta. Para mobilizar rapidamente o pessoal que realiza a recomposição do sistema, a Copel providência para esta época um reforço de 50% no seu efetivo.

Água — De acordo com a Sanepar, durante o ano, a companhia abastece 113 mil habitantes das cidades litorâneas. Com a chegada do verão, atende a demanda de cerca de 1,5 milhão de pessoas nos períodos de festas, como o Natal, Reveillon e carnaval. Nos últimos sete anos, houve o investimento de cerca de R$ 80 milhões nos sistemas de abastecimento de água do Litoral.
As sete estações de tratamento que atendem  Guaratuba, Morretes, Pontal do Paraná e Guaraqueçaba, tratam em média até 700 mil metros cúbicos de água por mês, no período de baixa temporada, podendo chegar a tratar 1,5 milhões de metros cúbicos na alta temporada, com um aumento na demanda de aproximadamente 215%.

Todos os municípios do Litoral possuem o Sistema de Coleta e Tratamento de Esgoto, embora boa parte das casas ainda não esteja ligadas à rede. As obras que colocaram fim à escassez de água no litoral foram a construção da nova estação de tratamento de água de Guaratuba, duplicação da ETA Praia de Leste para atender Pontal do Paraná e parte de Matinhos e a construção das novas ETAs em Morretes e Guaraqueçaba.
O governo do Estado anunciou, esta semana, que vai investir R$ 5,2 milhões para coleta, transporte, destinação final de lixo e varrição de praias e avenidas do Litoral.

Fonte:bem Paraná

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: