Curitiba sedia reunião regional sul de Conselhos da Juventude

Diretor de Estudos e Políticas Sociais do Ipea, Jorge Abrahão de Castro,a secretária de Estado da Criança e da Juventude, Thelma Alves de Oliveira; o vice-presidente do Conselho Nacional de Juventude, João Marcos Vidal; Representante da Força Sindical, Marilene Guermandi . Foto:SECJ

As políticas públicas voltadas aos jovens são tema de um encontro que começou nesta quinta-feira (5) e reúne cerca de 40 conselheiros dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul que estarão reunidos até sábado (7), no Hotel Caravelle, em Curitiba.

O evento é promovido pelo Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), em parceria com a Secretaria Nacional de Juventude e o Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Criança e da Juventude do Paraná. A secretária Thelma Alves de Oliveira; o vice-presidente do Conselho Nacional de Juventude, João Marcos Vidal; participaram da cerimônia de abertura da Reunião.

Vidal apresentou os principais eixos em torno dos quais o Conjuve tem trabalhado. Entre eles estão a aprovação do PEC da Juventude, que foi aprovado como Emenda Constitucional nº 65 no último dia 13, institui a juventude como um segmento social e reconhece a necessidade da representatividade social desse público na Constituição Federal. “A inclusão do termo ‘juventude’ na Constituição abre caminhos para a construção de políticas públicas e para a implementação de outros projetos voltados à população entre 15 e 29 anos”, afirmou.

O Pacto pela Juventude – um documento que estabelece compromissos em favor do público jovem -, o 3º Encontro Nacional de Conselhos da Juventude e da 2ª Conferência Nacional da Juventude, e o Estatuto da Juventude são outros projetos do Conjuve. “Os jovens têm demandas específicas na área do trabalho, da educação formal ou profissional, do transporte, e em várias outras áreas. É um segmento que, se não tiver condições de desenvolver sua cidadania, fica muito vulnerabilizado”, explicou Vidal.

A secretária Thelma apoia a iniciativa dos Conselhos de Juventude e incentiva os jovens a participarem dos debates sobre a política destinada a este público. “Nada melhor que os próprios jovens estarem reunidos, discutindo as políticas públicas que consideram importantes para sua geração e para as futuras”, disse.

Os organizadores do livro Juventude e Políticas Sociais no Brasil, publicado em 2009 pelo Instituto de Pesquisas Econômicas e Aplicada (Ipea), Jorge Abrahão de Castro e Carla Coelho de Andrade; e o autor do capítulo sobre política educacional, Paulo Roberto Corbucci; também participaram do evento, dividindo suas experiências sobre as pesquisas feitas na área durante a elaboração do livro.

Fonte:AEN

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: