Matinhos sofre com trânsito caótico

Área central é a que mais sente reflexos do aumento de carros na temporada.Foto: Ciciro Back

O trânsito nas grandes cidades tem se tornado um dos grandes problemas para o poder público e também para a população, que sofre e se arrisca quando fica presa em congestionamentos.

As cidades pequenas que recebem milhares de pessoas em determinados períodos, como é o caso das litorâneas, sofrem ainda mais, pois não estão preparadas para atender tanta gente. Matinhos, no litoral do Paraná, é um exemplo disso.

Em cruzamento próximo à praça, ninguém sabe se é hora de parar ou seguir. Foto: Ciciro Back

Por conta da confusão no trânsito, muita gente que vai para a praia – ou quem mora por lá – fica indignada. A prefeitura fez várias mudanças nas ruas da cidade para tentar amenizar a situação, mas ainda há muito o que fazer.

Uma das grandes reclamações é em relação à área central. No cruzamento entre a Avenida Maringá e a rua Albano Mueller, próximo à praça, ninguém sabe onde tem que parar ou seguir, nem motorista nem pedestre.

Para atravessar, o pedestre tem que contar com a educação e boa vontade dos motoristas, que acabam parando nas faixas (que por sinal estão totalmente apagadas).

E para complicar ainda mais, não há nenhum semáforo no local para orientar quem passa por ali. Ou seja, o resultado é uma confusão no trânsito e até pequenos incidentes.

“Aqui a gente vê freadas toda hora, pois ninguém sabe quem vai primeiro”, comenta a técnica em enfermagem Veridiana Lopes. O aposentado que mora há 60 anos em Matinhos, Seudais Russi, reclama que não vê melhorias na cidade. “Aqui neste cruzamento falta pintura nas faixas de pedestre e nas lombadas. Não temos estrutura para receber tanta gente no verão”, afirma.

O vendedor Ricardo Mateus também reclama do cruzamento. “Durante o verão temos três meses de caos no trânsito aqui em Matinhos. Aqui deveria ter um guarda municipal ou pelo menos um semáforo para orientar o trânsito”, disse.

Mudanças dividem opiniões

A prefeitura de Matinhos vem realizando várias mudanças no trânsito visando melhor fluidez, principalmente em época de temporada. Uma das modificações mais recentes, feita antes do réveillon, foi a mudança de sentido na Avenida Juscelino Kubitschek, mais conhecida como Avenida do Contorno, que passa bem ao lado da prefeitura. Cerca de 500 metros, da prefeitura até a rua da Fonte, foram transformados em mão única – antes a rua toda era de mão dupla.

A mudança de sentido na rua da prefeitura foi satisfatória para alguns e absurda para outros. Na opinião do entregador de móveis Mário Szumoski, ela foi positiva, pois diminuiu o tempo para ele fazer as entregas.

“Antes eu ficava até uns 15 minutos esperando só para entrar na via, agora eu entro rapidamente, faço o retorno e sigo para Caiobá. Eu levava meia hora para ir até lá, agora nem dez minutos”, disse.

Outro motorista, que não se identificou, acredita que falta sinalização na rua para avisar das mudanças. “Vários motoristas já entraram na contramão, pois a pista tem faixa contínua e tartaruguinhas no meio. A mudança foi feita de uma hora para outra, sem avisar”, reclamou.

O técnico em enfermagem Rodrigo Patrocínio disse que a mudança ficou ótima, já que ficou mais fácil entrar e atravessar a rua. “Agora a gente olha em uma direção só para atravessar, antes era terrível”, disse.

Binários são solução rápida

A prefeitura de Matinhos informou que o cruzamento da Avenida Maringá com Albano Mueller receberá lombadas eletrônicas e as faixas de pedestre terão a pintura reforçada.

Além da mudança de sentido na rua da prefeitura, outras ações estão sendo desenvolvidas pela prefeitura para tentar melhorar o trânsito em Matinhos. O secretário de Segurança Social do município, Edmildo Mesquita, disse que as mudanças visam melhorar a vida do cidadão.

“Isso reflete na redução dos congestionamentos e também na segurança da população. Antes, a rua da prefeitura era um entroncamento de várias outras. Os policiais já não davam mais conta”, observou o secretário.

Outros binários vêm sendo colocados na cidade desde o ano passado com o intuito de dar maior fluidez ao trânsito. Ruas que possuem de dez a 12 metros foram alteradas para sentido único e foram colocados acostamentos dos dois lados.

Já ruas menores, com menos de dez metros, estão com acostamento apenas em um lado. Todas as ruas paralelas à beira-mar foram transformadas em binários, exceto a São Matheus e a Guarapuava, que estão com mão dupla, segundo a prefeitura.

As vias transversais à beira-mar, como a Paraná, a Antonina e a Doutor José Rebello, continuam com mão dupla. A prefeitura informou, ainda, que para tanta mudança foram instaladas mais de 700 placas de sinalização na cidade.

Fonte Parana-Online :por Mara Andrich

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: