Tecnologia reduz evasão em Matinhos

Cidade do litoral do Paraná investiu em aulas com netbooks e lousas interativas. Aulas deverão servir de exemplo para outros países da América Latina

Fotos: Angel Salgado/ Gazeta do Povo / Eugenio Severin, diretor do BID, conhece o projeto: Matinhos tem aulas informatizadas desde o ano passado

Eugenio Severin, diretor do BID, conhece o projeto: Matinhos tem aulas informatizadas desde o ano passado/ Foto e texto: Angel Salgado/ Gazeta do Povo

O modelo de ensino adotado nas escolas municipais de Matinhos, no litoral do Paraná, que privilegia o uso de tecnologias digitais, deverá servir de exemplo para outros países da América Latina. A afirmação é do diretor de Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação do Banco Interameri­cano de Desenvolvimento (BID), Eugenio Severin. Ele esteve ontem na cidade para conhecer a proposta que reduziu a zero o índice de evasão nas escolas da cidade.

No auditório de informática da Escola Francisco Santos Júnior, a aula com a lousa interativa chamou a atenção do diretor, que constatou o interesse dos alunos em resolver questões de Matemática, Português, Ciências, História e Geografia ao toque das teclas virtuais. “A vontade do BID não é somente financiar projetos apresentados por cidades e países, mas sim ter a certeza de que eles são eficazes para o desenvolvimento social, econômico e humano”, disse.

As aulas informatizadas fa­­zem parte da realidade do município desde 2010 e os resultados são surpreendentes, analisa a secretária municipal de Educa­­ção, Alda Mara Corrêa. “Inexiste a evasão escolar e os números do Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] são excelentes se comparados a três ou quatro anos atrás”. O projeto, pioneiro no estado, foi a solução encontrada para motivar a aprendizagem dentro e fora da escola. “Eles adoram o fato de usarem o computador, sentem-se modernos”, disse a secretária.

A proposta de financiar ações que juntem tecnologia com educação faz parte da política do BID para os próximos anos. O tema vem sendo abordado sistematicamente para que seja aplicado nas escolas públicas dos países do continente. “Aqui em Matinhos vimos cada aluno com seu netbook. É justamente isso que desejamos para o processo educacional desta década”, afirmou Alda Mara.

O representante da instituição financeira, que participa da Conferência Internacional das Cidades Inovadoras, em Curi­­ti­­ba, elogiou a postura do município em revolucionar o sistema educacional dentro das salas de aula investindo em tecnologias de informação. “Recentemente estive em um fórum no Chile e dizíamos o quanto as novas tecnologias podem auxiliar no ensino das futuras gerações. Em Matinhos isso já acontece e certamente vai servir de exemplo”, comentou.

A visita do diretor do banco interamericano deixou o prefeito de Matinhos, Eduardo Dal­­mora, empolgado com a possibilidade de apresentar projetos para serem financiados pelo BID. “Não esperávamos tê-lo aqui, mas tínhamos a certeza de que o diretor iria gostar do que  viu. Vamos estreitar os laços de agora em diante para obtenção de novos recursos para o desenvolvimento de Matinhos”, disse Dalmora, que investiu R$ 900 mil para informatizar e equipar com netbooks todas as oito escolas da rede municipal de ensino.

Foto: Douglas Silva

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: